16 de fev de 2011

Twitter do STF questiona quando Sarney irá "pendurar as chuteiras"



Da Redação Comunique-se

O perfil do Supremo Tribunal Federal (STF) no Twitter surpreendeu até mesmo a equipe de comunicação do órgão, com uma mensagem questionando a aposentadoria do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). “Ouvi por aí: ‘Agora que o Ronaldo se aposentou, quando será que o Sarney vai resolver pendurar as chuteiras?’", afirmava o texto, que foi apagado em seguida. Sarney acaba de ser eleito para seu quarto mandato como presidente do Senado.

A Secretaria de Comunicação Social do STF (SCO) pediu desculpas pelo post e informou que a página no microblog foi usada indevidamente por uma funcionária terceirizada.

"A Secretaria de Comunicação Social do Supremo Tribunal Federal esclarece que, por ato impensado, sua página oficial no Twitter foi usada indevidamente por funcionária terceirizada, para tecer comentários impróprios a respeito de eminente autoridade, a qual o STF e a SCO pedem encarecidas desculpas. A SCO também pede desculpas aos seguidores da página do Supremo no Twitter, pois os comentários em nada, direta ou indiretamente, refletem os pensamentos desta Corte Suprema e informa que já foram tomadas as medidas administrativas cabíveis", diz a nota.

Questinada pelo Comunique-se, a assessoria do STF não quis comentar quais medidas serão tomadas, nem se a funcionária terceirizada atuava na Secretaria de Comunicação Social.

A colunista Miriam Leitão, do jornal O Globo, comentou a gafe e pediu que o STF não demita a funcionária que postou a mensagem. “Se o STF mandar a pessoa que fez isso embora, estará errado. Certamente, não foi por querer que a pessoa trocou os TTs, mas o que disse é verdade (...) Portanto, o desabafo do funcionário do STF é o meu desabafo, o seu, o nosso”, escreveu em seu blog.


Nenhum comentário:

Postar um comentário