16 de fev de 2011

Sarney agradece por comentário no Twitter do STF


Reprodução: Site yahoo.com.br. 
O presidente do Senado Federal, José Sarney (PMDB-AP), utilizou o YouTube para comentar a gafe cometida nesta terça-feira (15) na conta do Supremo Tribunal Federal (STF) no Twitter. O texto postado na manhã de hoje no Twitter do Supremo - e que logo depois foi despublicado - comentava: "Ouvi por aí: 'Agora que o Ronaldo se aposentou, quando será que o Sarney vai resolver pendurar as chuteiras?'".

No YouTube, Sarney disse que ficou feliz com o comentário publicado no Twitter do STF, alegando que "o Ronaldo é um fenômeno. E ao me comparar ao Ronaldo, que é um fenômeno, também, fico muito feliz". O presidente do Senado solicitou que não seja tomada nenhuma providência contra a servidora que postou o comentário. "Quero agradecer a essa moça, porque ela fez um julgamento muito bom ao meu respeito. Quanto às chuteiras do Ronaldo, elas estão penduradas hoje no Brasil inteiro e no mundo inteiro em homenagem ao time que representou", afirmou.Na tarde desta terça, no blog do Senado (www.senado.gov.br/blog), foi publicada um nota curta sobre o episódio, informando que Sarney "comentou com bom humor o post feito por uma funcionária terceirizada" do STF. A nota remete o internauta a uma mensagem gravada em vídeo pelo presidente do Senado sobre o caso. Foi, portanto, um desgaste gerido totalmente dentro das novas mídias sociais.

O comentário, gravado no gabinete de Sarney no Senado, tem 34 segundos. Mais cedo, entretanto, depois de despublicar a mensagem do Twitter, o STF já havia se retratado, informando que o ocorrido foi "um ato impensado". Na nota à imprensa sobre o caso, o STF informa que a página oficial do Supremo Tribunal no Twitter "foi usada indevidamente por funcionária terceirizada para tecer comentários impróprios a respeito de eminente autoridade, a qual o STF e a SCO (Secretaria de Comunicação Social) pedem encarecidas desculpas".
Veja o vídeo gravado por Sarney.

Nenhum comentário:

Postar um comentário