25 de nov de 2010

Cinco dicas para o monitoramento de marcas

Do site: http://webinsider.uol.com.br

Planeje, posicione, foque, aja e meça. Um roteiro para o monitoramento de marcas em mídias sociais e uma lista de ferramentas para facilitar o serviço.

Por Eduardo Luis Prange Junior
A grande questão sobre o monitoramento de marcas em mídias sociais é como fazer um monitoramento eficaz e, principalmente, como tomar decisões em cima dos dados obtidos.
Antes de falarmos sobre monitoramento, temos que saber que se trata de negócios e saber da importância de se fazer um monitoramento.
Será que temos como pensar que mídias sociais são uma onda de brincadeiras? Vamos aos números:
  • Mais de 50% da população está abaixo dos 30 anos;
  • 96% destas pessoas já estão nas mídias sociais;
  • Facebook ultrapassou o Google no tráfego semanal nos EUA;
  • Mídias sociais tiraram pornografia como atividade #1 na web;
  • 80% das empresas usam mídias sociais para recrutamento;
  • Existem mais de 200 milhões de blogs no mundo;
  • 25% dos resultados de busca para as 20 maiores marcas mundiais são links para conteúdo gerado por usuários;
  • 34% dos bloggers postam opiniões sobre produtos e marcas.
Ter uma clareza sobre o perfil de seu público alvo como usuário de
internet é um desafio considerável, mas que precisa ser mapeado.

Não existe receita de bolo para obter sucesso no universo das mídias sociais. O que pretende este artigo é sugerir uma forma de se trabalhar estrategicamente com o monitoramento e principalmente saber tomar ações adequadas para reversão de quadros desfavoráveis e ampliar a saudabilidade das marcas na web.

Planejamento

É muito importante saber quais são os índices atuais da marca. Como está a saudabilidade atual da empresa na rede e identificar quais são os desejos dos usuários pertencentes a seu público alvo.
Analise seu mercado de atuação estudando pesquisas (free) disponíveis na internet e avalie números que demonstrem o poder da rede em seu segmento.
Não esqueça de analisar seus principais concorrentes e verificar quais são as estratégias que estão adotando, como forma de buscar referências nas melhores práticas e aprender com o que não se deve ser feito.
Tenha muita clareza sobre a forma de abordar seu público, através de uma estratégia de conteúdo e engajamento da equipe responsável para elaboração dos materiais que devem ser publicados nas mídias que forem exploradas pela empresa.

Posicionamento

Normalmente as empresas acreditam que estão sendo vistas por seus consumidores da forma como gostariam. Porém, faça uma breve pesquisa para tirar a prova real.
Não se assuste! É comum esses resultados mostrarem uma diferença muito grande entre o que desejam e o que parecem, pois as empresas têm por cultura praticar os seus desejos perante o mercado e não fazer dos desejos de seus consumidores seu principal foco de atuação.
Defina a promessa de sua marca com base no desejo de seus consumidores – o que é praticar marketing (identificar necessidades e atendê-las através da oferta de produtos e/ou serviços).

Foco

Não adianta querer abraçar o mundo criando inúmeros perfis na rede. Identifique as principais mídias onde estão concentradas a maior parte de seus usuários e defina quais os principais objetivos que se pretende atingir com a participação nas mídias.
Trace os objetivos e quebre-os em metas desafiadoras, porém alcançáveis.
Não esqueça de definir qual vai ser o time gestor do projeto, pois é necessário uma geração de conteúdo de relevância para obtenção de seguidores de sua marca.
Na internet não basta ser, é necessário parecer ser; ou seja, não importa o tamanho de sua empresa, se for para estar nas mídias sociais apenas por estar e marcar presença, fica a dica: não esteja.

Ação

Coloque em prática tudo o que foi traçado nos objetivos.
É importante ressaltar que, como as etapas de definição de assuntos a serem discutidos e quais mídias sociais foram escolhidas já foram feitas, a produção é basicamente uma etapa rápida e mecânica para a confecção de vídeos, apresentações e outras formas de presença em mídias sociais.

Métricas

Estabeleça critérios para medição e insira os dados obtidos em planilhas que possibilitem a geração de relatórios com indicadores concretos. Esses relatórios têm por objetivo demonstrar o caminho que está sendo traçado em sua campanha.
Armazene todos os dados e analise-os periodicamente, de forma a verificar as possíveis falhas e as tendências da estratégia elaborada.

As ferramentas

Hoje existem ferramentas que podem minimizar e muito esse trabalho, ou seja, você não precisa fazer isso tudo na unha.
Abaixo, segue uma lista de algumas ferramentas para análise e monitoramento de marcas em mídias sociais e suas principais características.
Seekr. Criada pela InMeta Agência Digital, o Seekr monitora 27 mídias sociais (inclusive o Orkut) e possibilita a geração de mais de 1.300 relatórios de forma automatizada.
O objetivo é monitorar e mapear a presença das marcas da sua empresa na Internet, gerando índices e porcentagens de saúde comparativos, classificação de agressores e evangelizadores e comparar e acompanhar a concorrência e o mercado.
O Seekr permite ainda a criação de relatórios avançados. A partir de relatórios básicos, você sabe ao certo quantas ocorrências negativas foram feitas, por exemplo. Outro exemplo de relatório avançado é a análise de citações da sua marca e de um concorrente. Através disso, é possível avaliar qual marca é melhor falada nas redes sociais e qual tem o maior número de citações.
Scup. Baseado em três necessidades das empresas (ouvir, interagir e compreender), faz o monitoramento das marcas em tempo real e de forma cronológica em uma listagem simples e rápida.
A ferramenta permite classificar as ocorrências por negativas, neutras e positivas e tem o auxílio de tags para organizar os itens monitorados.
É possível filtrar resultados, para avaliar somente as citações negativas, por exemplo. e realizar buscas dentro dos itens monitorados.
Há uma listagem de usuários que falam bem e mal, organizada pela quantidade de interação.
PostX permite avaliar e classificar as informações, gerar gráficos e mensurar o buzz originado pelo consumidor.
É possível gerar gráficos específicos para análise, através da avaliação e classificação das informações e fazer monitoramento 24h – todo o conteúdo relacionado ao termo de interesse é capturado e armazenado.
Social Media Monitor oferece em tempo real as citações encontradas nas mídias sociais que correspondem a um termo cadastrado.
É possível analisar dados no Excel e potencializa o controle da marca – você entende, analisa e intervém ao seu favor.
Social Metrix segundo a descrição permite escutar, analisar e entender as opiniões das pessoas online sobre sua marca, produtos e serviços.
Oferece relatórios segundo as necessidades de cada cliente e detecção semântica de opiniões negativas, positivas e neutras. Oferece informação quantitativa e qualitativa sobre o texto completo escrito por cada pessoa.
Radian 6 possibilita o monitoramento de diferentes meios de comunicação social e outros canais de comercialização, além de blogs, websites e fóruns de sites de redes sociais.
É possível avaliar o impacto da mensagem através de ferramentas de análise, gráficos e análises de tendências e obter informações detalhadas sobre todas as fontes na web social que mencionam os seus produtos ou serviços.
E-life tem a missão de entender as dinâmicas das redes sociais e a relação com a sua marca e seu segmento de atuação.
Oferece monitoração qualitativa e quantitativa e permite gestão de relacionamento com clientes e prospects em redes sociais.
SismoWeb. A CDN Análise e Tendências criou o SismoWeb, que acompanha, analisa e organiza o conteúdo gerado pelos usuários na mídia social. Além de identificar o cenário da exposição da marca, produto ou serviço na internet, a ferramenta quantifica e qualifica essa exposição, identifica temas e tópicos em evidência e mapeia temas sensíveis para prevenir crises.
A ferramenta possui também alertas por e-mail e SMS e criação de gráficos e listas com dados e configurações escolhidas de acordo com a necessidade.
Nota do editor: o autor é sócio da empresa InMeta, que desenvolveu a ferramenta Seekr, citada no artigo. [Webinsider]

Nenhum comentário:

Postar um comentário