6 de jul de 2010

Especialista explica que empresas podem sofrer altos e baixos no mundo virtual

Redação Administradores

O sucesso da utilização das redes sociais existentes (Twitter, Orkut, Facebook e outros) como processo de divulgação de marcas, produtos e serviços têm sido cruciais para a expansão de muitas empresas.
De acordo com Sergio Coelho, diretor da Homewebbing, agência de marketing digital e especialista no assunto, estar presente em redes de relacionamento e utilizar as redes sociais aproximam o público da organização.
"Com a chegada da internet, a forma de se comunicar mudou e as empresas têm que se modernizar para utilizar este novo veículo de divulgação da forma mais eficiente possível. A internet oferece informações que hoje em dia valem muito para tomada de decisões corporativas".
Com tantas ferramentas utilizadas hoje, e a busca pela informação cada vez maior, é importante que cada empresa entenda qual é a ferramenta mais adequada de acordo com o segmento de atuação.
Para Sergio Coelho, a recente repercussão no Twitter do "Cala a boca Galvão" pode ser aplicada às empresas, e o caso reflete como uma marca pode sofrer altos e baixos no mundo virtual.
"Existem ações ativas e reativas e as duas são muito importantes em um contexto corporativo. Se uma empresa sofre um comentário negativo, uma ação reativa deve acontecer para não permitir um crescimento de uma visão negativa do produto. Hoje em dia, além de marcar presença forte no mundo das redes sociais, as empresas devem acima de tudo, monitorá-las", complementa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário